• Viaje na nossa Trip

Castelo de HIMEJI: um ícone

Falando sobre as coincidências da vida... Nesta nossa viagem de volta ao mundo passamos por muitas situações que nos mostram que na vida nada é por acaso. Lembro do dia que saímos de Hiroshima e fomos para Kyoto de trem.


Na metade do caminho fizémos uma parada na pequena cidade de Himeji. Nosso objetivo: Visitar o mais belo Castelo do Japão. Himeji-jo: o Castelo da Garça Branca.

Logo após sair da estação ferroviária de Himeji, caminhamos por uma grande avenida arborizada, pontilhada com estátuas e no final dela, no alto de uma colina - a visão era de tirar o fôlego – lá estava ele, o Castelo de Himeji, todo branquinho com seus telhados esvoaçantes. Parecia ter saído de um conto de fadas.

Fomos em direção à ele. Quando chegamos na bilheteria nos informaram que somente os Jardins do Castelo estavam abertos para visitação e, que não poderíamos visitar o interior do Castelo. Após 2 anos fechado para reforma, justamente aquele dia - 25/03/2015 - era a pré-inauguração. Estaria aberto apenas para a imprensa e convidados especiais. Confesso que ficamos decepcionados, porém felizes em poder visualizar aquela construção tão única e tão diferente aos nossos olhos.

Aí vem esta questão das coincidências da vida ou de que nada é por acaso: Caminhando pelos Jardins, aproximaram-se de nós duas senhoras japonesas e nos perguntaram nossa origem. Respondemos que éramos do Brasil. Então nos disseram que possuíam dois convites para visitar o interior do Castelo, porém, estavam com um compromisso e não poderiam visitá-lo. Perguntaram se tínhamos interesse em ficar com os convites.

Com Certeza! Respondemos. Viémos hoje exatamente para isso e estamos um pouco decepcionados, pois não teremos outra oportunidade para retornar à cidade. E as simpáticas senhoras nos entregaram seus convites. Nem acreditei direito... perguntamos quanto custaria... nos responderam que não era nada... Agradecemos curvando como já tínhamos aprendido com o povo japonês, além, claro, de um grande sorriso. Agradecendo na língua deles “arigato gozaimasu” - Muito Obrigado!

Coincidência ou não ? Não podemos afirmar. Mas, se formos pensar que por fração de segundos, poderíamos não ter encontrado aquelas duas senhoras. Ou que elas poderiam ter entregue os convites para qualquer uma das outras centenas de pessoas que caminhavam pelo jardim... é para refletir... e não falo isso só pela questão dos convites, mas do fato em si. Se elas não tivessem nos dado os convites, não faríamos a visita e talvez isto não teria grande diferença em nossas vidas. Comento isto com os olhos de quem reconhece neste fato, nesta “coincidência”, os mistérios da vida, do que está reservado para nós. Acredito que devemos confiar sempre em Deus, em nossa capacidade de desejar e realizar algo e, em nossa inteligência.

Quanto ao restante, o Universo irá conspirar a nosso favor!

NÃO DEIXE DE VISITAR:


  • ARASHIYAMA e a Floresta de Bamboo. O Bambu pode demorar mais de 5 anos para brotar, mas pode crescer até 1 metro em apenas 24 horas...