• Viaje na nossa Trip

UM FILME EM NOSSA CABEÇA


Hoje faz exatamente um ano que iniciamos a jornada mais incrível de nossas vidas: 180 dias rodando pelo Mundo.

Quando decidimos fazer a volta ao mundo, já éramos casados havia 17 anos. Vida estabilizada, casa própria, empresa estabelecida.


Deixar uma vida supostamente segura, largar tudo e se arriscar pelo mundo, não foi uma decisão que surgiu do dia para noite e nem muito fácil de ser tomada.

A maioria das pessoas passam a vida prorrogando os planos e sonhos ou esperando a aposentadoria chegar para realizá-los. Mas o tempo é o senhor de todas as coisas e na verdade não sabemos até quando estaremos por aqui.

Central Park (NYC) Coberto de Neve em Março de 2015
Central Park (NYC) Coberto de Neve em Março de 2015

Lembro do dia que fizemos a mudança da empresa. Fechamos as portas e entregamos as chaves. Uma dor no coração e um frio na barriga tomava conta de nós. Apenas falava para mim mesmo:

“... desapega, desapega! O mundo é dinâmico, a vida é curta. Vamos aproveitar os frutos de nossa colheita. Vamos realizar nossos sonhos. Tem um mundão lá fora esperando por nós”.

Veio a cabeça uma frase que li numa dessas mensagens das redes sociais - Se fosse para ficarmos em um só lugar, teríamos raízes ao invés de pés - E assim concretizamos os dois anos de planejamento, pesquisas, economias e muitas privações.

Foram 180 dias de viagem! Simplesmente os seis meses mais incríveis de nossas vidas. Afirmamos isto não somente pelo fato de que em uma viagem você irá ver presencialmente todos aqueles locais turísticos famosos. Faz parte conhecer, é claro, mas o que vivenciamos e experimentamos foi um aprendizado para a vida inteira.

Nestes 180 dias vivenciamos muitos momentos que nos faz acreditar no ser humano, muitas pessoas boas cruzaram nossos caminhos e o Universo sempre conspirou a nosso favor. Teve gente que pagou nosso metrô, teve quem nos deu carona, teve gente que desviou o seu caminho para nos orientar. Em um trem lotado na Índia, pessoas dividiram seus lugares conosco e também comida e água. Isto nos deixou profundamente tocados.

Quantas vezes prestamos atenção nas pequenas coisas e momentos que nos são proporcionadas diariamente? Aquela paisagem, o pôr-do-sol, a cama aconchegante, o prato de comida, o carinho e o sorriso de um amigo ou parente.

Viajar pelo mundo nos proporcionou viver de uma forma simples valorizando cada detalhe do nosso dia-a-dia. Tínhamos algumas trocas de roupas, comíamos muitas vezes na rua, andávamos de transporte público. Tínhamos o luxo de admirar o pôr-do-sol todos os dias, sentar no banco da praça e observar os locais, se perder pelas ruas das cidades, aprimorar o paladar com sabores diferentes, conhecer pessoas novas todos os dias...


Aprender a valorizar coisas tão simples que antes sequer nos chamava atenção. Isto que mais nos encantou nesta viagem e levamos para toda a vida:

VIVER DE FORMA SIMPLES, SER GRATO E FELIZ !

#VoltaaoMundo #DicasdeRoteirodeViagem #ViajenaNossaTrip