• Fonte dos dados e informações: Parlamento da União

Um monumento = um valor europeu

Há 100 anos o nacionalismo e a concorrência entre nações conduziram a Europa a primeira grande guerra. Dizia Robert Schuman, idealizador do início da grande união que manteve a solidariedade entre os europeus: “estes povos, regiões e países, descobrirão o que tem em comum... e original”. Em 09 de maio, dia do aniversário da Declaração de Schuman, comemora-se também o aniversário da União Européia.

  • Valores europeus: A democracia é um valor que tem sua origem na Acrópole da Grécia. Desenvolveu-se nas cidades. Torres e edifícios municipais demonstram a independência destas cidades. O Reino Unido inventara a democracia parlamentar com 2 câmaras. A revolução francesa acrescenta o príncipio da igualdade à democracia.

  • Valores europeus: Com o espírito de aventura a partir de Cristóvão Colombo, os europeus se lançam a todos os mares, registrando novas terras e as colonizam. Ao contrário, os chineses não tiraram quaisquer vantagens de suas expedições realizadas 70 anos antes de Colombo.

  • Valores europeus: O espírito empreendedor: Banco, letra de crédito, sociedades comerciais, seguros, mercado de câmbios constituem a evolução européia do comércio. Os artesões se organizaram a partir de Bruxelas e, até hoje os portos europeus permanecem entre os mais importantes do mundo.

  • Valores europeus: A Tecnologia: A Europa herdou do mundo grego o espírito de análise. A Renascença trouxe o homem para o centro do universo. Tal torna-se um método de trabalho, uma doutrina e um sistema educativo. Os navios, os moinhos, as torres, os aviões Airbus, o túnel sobre o canal da manha e o foguete Ariane constituem êxitos tecnológicos que mudam o curso do mundo.

  • Valores europeus: A cultura. De Shakespeare a La Macha de Cervantes, passando por Beethoven, Mozart, Van Gogh. As grandes exposições sempre passam obrigatoriamente por aqui.

  • Valores europeus: a Herança Cristã. O cristianismo modou a Europa a partir das cruzadas durante a idade média pela reconquista da Espanha com a perigrinação até Santiago de Compostela. As diversas ordens religiosas tornaram-se verdadeiros motores para comerciais e militares.

  • Valores europeus: A doutrina social. Inspirada pelos princípios cristãos, pela renascença e pela igualdade revolucionária francesa, a doutrina social continua a influenciar fortemente a Europa. Consagra 30% do seu PIB à proteção social como assistência na doença, desemprego e pensões.

  • Valores Europeus: Laicidade e interculturalidade. Separação entre Estado e religião é um valor que está cada vez mais dissiminado na Europa. A mobilidade sempre se verificou promovendo o constante intercambio cultural entre povos e nações.